terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A vida

Contribuição do onegronobrasil1980.bolgspot.com e IPOEMA ao presidente nacional do PSB Eduardo Campo, Governador do Pernambuco, e as instancias partidárias de todos os partidos políticos do Brasil. Juntos somos vencedores, nós entendemos que podemos agregar toda a obra e pesquisa do geografo Dr Milton Santos.O Brasil tem uma riqueza hídrica como também de flora e de fauna. secularmente o estado Brasileiro nunca cuidou, não fez, não criou, não gestou, um programa ou projeto de sustentabilidade de decisões políticas. Para cuidarmos da água, visto que é a riqueza principal dos minerais, pois traz a vida, vê-se a importância de revitalizar as nascentes, sub-fluentes, afluentes  lagos e lagoas, áreas de brejo e de recarda hídrica do lençol freático, Áreas de Preservação Permanentes. De forma regional, nacional e até continental, assim tratando de recuperar a vegetação pois ela traz a água e conserva o solo. Com a utilização de tecnologias que incluam o agricultor em tal recuperação ambiental podemos trabalhar no âmbito humanitário retomando dignidade a vida do homem e da mulher que hoje encontram se sem opção e muitas vezes às margens da sociedade. Na exclusão muitas vezes chegam ao estado de miséria absoluta, e de assassinatos  Talvez a tecnologia mais apropriada para esse momento seja a Agro floresta Sucessional, difundida e aperfeiçoada por Ernest Gosth e outros. Sugere-se a criação de um organismo ou fundação que agrege o gestor publico e privado e que crie-se uma contribuição do agronegócio, mineradores e energias, OEA e Nações Unidas e de todo o sistema financeiro mundial publico e privado com todos estes contribuindo com uma taxa para essa fundação (organismo). Haja vista o insucesso da transposição do Rio São Francisco. Todos de mãos dadas, com paz e harmonia, usando a sabedoria num projeto de possibilidade.

12 comentários:

  1. Se as águas do mar da vida, vierem me sufocar - Este trecho mostra que as águas são, para nós, uma necessidade contínua mas a qualidade de nossas águas necessitam ser monitoradas.
    Somos gerados mergulhados nas águas intra-uterinas, somos constituídos de 70% de água. Podemos nos abster de comida por vários dias, contudo sem água, morreríamos em poucos dias.
    Os cristãos nos lembram que o Cristo afirmava: EU SOU A ÁGUA VIVA. Essa relação entre a água e a vida nos mostra que, antes das desavenças políticas ou desacordos pessoais e econômicos, todos nós devemos defender a fonte que nos mantem vivos.
    Lutemos por um movimente que contribua para a construção de um mundo lavado em águas cristalinas da ética e justiça social e não mais as vítimas da fome, violência, insensatez, corrupção e, porque não dizer, da falta de sabedoria.

    ResponderExcluir
  2. Viva as arvores as águas e a natureza! João Caetano 11 anos

    ResponderExcluir
  3. Viva as arvores as águas e a natureza! João Caetano 11 anos

    ResponderExcluir

  4. " Eu sou a videira verdadeira, e meu pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado;" -Bíblia, João 15, cap. 1 a 3.
    Estou usando a palavra do João Evangelista, poeta da bíblia, para ressaltar o comentário de João Caetano de 11 anos neste blog. Deverá ser um despertar da inteligência brasileira, e que os comandos da república do executivo está mais preocupado em premiar orgia do que governar para as crianças e as famílias do Brasil, principalmente as de baixa renda. 132% em oito anos de aumento de assassinatos de jovens e crianças negras no país, deixa claro que os 3 poderes da república não estão funcionando, que a inteligência brasileira, dos cargos e funções públicas e privadas, estão mais preocupados com seus problemas pessoais do que serem bons gestores. O país é rico muito rico, o Estado não pode tratar os cargos diretivos como brincadeira exibicionistas. Todos juntos somos vencedores, com sabedoria, inteligência e muita paz. Creio com muita paz, esse país é possível ser um exemplo para a humanidade.

    "Tende paz muita paz".

    ResponderExcluir
  5. Lídia Jane Borges Santos, mãe de cinco filhos.22 de dezembro de 2012 17:44

    "A excelência da sabedoria

    Filho meu, se aceitares as minhas palavras e esconderes contido os meus mandamentos, para fazeres atento à sabedoria o teu ouvido e para inclinares o teu coração ao entendimento, e, se clamares por inteligência, e por entendimento alcares a voz, se buscares a sabedoria como a prata e como o tesouro escondido a procurares, então, entenderás o temor do Senhor e acharás o conhecimento de Deus. Porque o senhor dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligencia e o entendimento." (provérbio 2, versículo 1 a 6)
    A mensagem de Deus para todas nós mulheres!

    ResponderExcluir
  6. O Congresso Afro Brasileiro que editou a carta de Uberaba entre 5 e 7 de setembro de 1979. Em um dos seus parágrafos, está escrito: "Do interior para o exterior de cada pessoa" e acrescenta "cuidar das riqueza do solo e do subsolo". No mesmo ano o encontro de Ribeirão Preto visualiza a vida, o proposito, a dinâmica da proclamação da republica dos Palmares do Brasil de hoje. A escravidão e o navio negreiro deu uma consciência politica, de liberdade e democracia pra essa população de homens e mulheres negros que o Brasil, o continente Americano e seus colonizadores, não compreenderam, não entenderam, não tiveram a sensibilidade, nem inteligencia para entender essa proposta politica no processo de conquista da cidadania bem maior da humanidade. Os governos de Sarney, Collor, Itamar, Fernando Henrique, Lula e Dilma juntamente com o legislativo e o judiciário vem tratando a população negra como coitadinhos, como miseráveis. Como está dito nesses documentos citados acima, a população negra quer ser tratada como maioria, logo tem o poder, não é um cargo eventual que está cheio de cultura politica da perversidade, como cita Mílton Santos em sua obra. Está na pesquisa em oito anos do governo popular, aumentou os assassinatos em 132% da população jovem negra brasileira. Deixamos a nossa mensagem para 2013 para o Brasil e a Humanidade. Paz, Harmonia,alcançar a sabedoria e despertar a inteligencia na convivência de amor com a democracia que invista na vida humana, na terra e cuidando do planeta, especialmente da água que é a nossa vida.

    ResponderExcluir
  7. Há de indagar-se os mais velhos que vieram de uma posição de privilégios econômicos e financeiros, que são eles que chegam ao poder, que por consequências são corruptos. É necessário que lutemos pela nossa riquezas naturais, que saibamos utiliza-las e que repeitemos o espaço que nós vivemos. Precisamos mudar essa situação e para isso precisamos das pessoas que são eleitas para governar. Seria importante uma ação, um compromisso, para que mudemos essa realidade, que eles possam dar exemplos para nós jovens e crianças, para que cresçam sabendo preservar esse bem.
    A mídia também tem um poder muito grande de persuasão, contudo na maioria das vezes não cumpri o seu dever de comunicação.

    Estudante Engenharia Quimica/ UNA

    ResponderExcluir
  8. Eliecim Figueiredo Souza - municipio de Mansidão BA13 de fevereiro de 2013 12:34

    Quando o presidente Lula iniciou o projeto de transposição do rio São Francisco, acreditou-se que seria a redenção da região. Entretanto, passam-se os anos o que se constata é o descaso com o dinheiro público. Obras paralisadas, equipamentos depredados em fim, muito descaso com os recursos do povo. E a população sofrida da região e carente de todo tipo de apoio dos poderes constituídos ficam na expectativa de um dia chegar este benefício de uma obra que deveria ser urgente. Ai de nós povo brasileiro, que vivemos a mercê de governantes que não possuem sensibilidade e compromisso com seus governados em projetos desta magnitude. Muitos projetos são iniciados, muitos deles não são concluídos dando um enorme prejuízo aos cofres públicos. Precisamos mudar estas atitudes perversa de tratar mal os cidadãos deste país.

    ResponderExcluir
  9. Prefeito Ney Borges,
    Parabéns pela sua eleição. Também a eleição para vereador do Zeca, meu sobrinho. Eu sei que o meu município e os nossos habitantes, não ha uma consciência que é um quilombo. Naquela reunião com a GRANFLOR que aconteceu em Mansidão, representada pelo Alexandre Araújo. o que pode-se perceber que ha nas grilagens de terra da Cachoerinha e Fazenda Tapera. Fica claro, o consentimento das autoridades federal, estadual e Municipal do oeste da Bahia e sul do Piauí.
    Meu irmão Ney, posso chamar de irmão, temos que estarmos unidos todas da região. Para um projeto que capacite individualmente a cada um no aproveitamento das suas terras, para criar uma cultura de cidadania e técnica para uso da terra. Sem a violência do grileiro, que as autoridades judiciaria seja comprometida, também, com respeito a conquista da cidadania do nosso povo. Sei que o governo da Dilma vai nos agradecer!... O nosso blog: onegronobrasil1980.blogspot.com põe-se em disposição do prefeito e do município. Juntos venceremos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conivência é o que mais se vê no Brasil. Pena. Condenados legislando, juizes acuados, povo sem proteção.
      É necessário um basta... vamos exigir plebiscito para medidas que atingem o povo diretamente, não podemos ter leis inaplicadas e leis que garantem regalias.
      Necessitamos dar um grito de NOVA INDEPENDÊNCIA para que possamos ver grileiros, corruptos e condenados fora do cenário da sociedade.

      Pela liberdade do negro, do branco, do indio que é explorado pela minoria que usurpa o poder pela manipulação da máquina estrutural dos partidos.

      Parabéns ao povo de Mansidão por dar um exemplo para o Brasil

      Excluir
  10. As águas levaram os homens a navegar, descobrir, conquistar todo o progresso da humanidade. As várias processuais de tudo que é bonito, belo, maravilhoso, bondoso como flor de lótus ou a vitoria regia, o revoa do panapanã e a migração dos pássaros para reprodução. Aqui Pau Brasil, cana de açúcar, café, fruto presencial da água. Tudo isso é um presente de Deus, para o homem e a mulher dos primórdios no processo existencial da vida. Estamos agradecendo cada homem e cada mulher pela sua contribuição nessa conquista e aprendizado político, congresso afro brasileiro que editou a carta de Uberaba (1979) que falava em seu último paragrafo que a supressão das eleições é uma forma de racismo e escravagismo e o encontro de Ribeirão Preto que vê todo o processo do navio negreiro e as suas consequências promove todo o esforço coletivo, elevando a bravura e a virilidade de um líder a condição de Estadista, Zumbi dos Palmares. Citaria cinco pessoas nessa contribuição, deputado Carlos Santos (MDB-RS), Adalberto Camargo (MDB-SP), deputada estadual Theodozina Ribeiro (SP), a contribuição intelectual do escritor Milton Santos e o pronunciamento do Senador Itamar Franco em 1980, dos quais são esse blog e a contribuição voluntária da sensibilidade política da população negra brasileira na época. Pela coragem, de desafiar o regime autoritário militar e posicionar com uma proposta politica que as elites politicas brasileiras e o setor acadêmico do pais até hoje não entenderam, não compreenderam. Esse aprendizado do processo civilizatório nas Américas, esse seja talvez o momento mais importante para a história brasileira. Juntos, todos juntos como disse o deputado Elquisson Soares da Bahia, líder da minoria na Câmara, ao colocar nos anais do congresso brasileiro a carta de Uberaba e o Encontro de Ribeirão Preto, ele respondendo a parte do deputado Bonifácio de Andrada da ARENA-MG, dizendo quando o Estado não cumpre a sua função as Autoridades não cumprem seu dever, a nação que é o povo se levanta e decide, essa é uma decisão do povo e da nação. Tende Paz, muita Paz, amor, sabedoria no aplicativo da inteligencia. (A VIDA É A FONTE DA ÁGUA VIVA)

    ResponderExcluir
  11. Com a minha voz clamei ao SENHOR; com a minha voz supliquei ao SENHOR.
    2 Derramei a minha queixa perante a sua face; expus-lhe a minha angústia.
    3 Quando o meu espírito estava angustiado em mim, então conheceste a minha vereda. No caminho em que eu andava, esconderam-me um laço.
    4 ¶ Olhei para a minha direita, e vi; mas não havia quem me conhecesse. Refúgio me faltou; ninguém cuidou da minha alma.
    5 A ti, ó Senhor, clamei; eu disse: Tu és o meu refúgio, e a minha porção na terra dos viventes.
    6 Atende ao meu clamor; porque estou muito abatido. Livra-me dos meus perseguidores; porque são mais fortes do que eu.
    7 Tira a minha alma da prisão, para que louve o teu nome; os justos me rodearão, pois me fizeste bem.

    ResponderExcluir