domingo, 20 de dezembro de 2015

Convite ao lançamento da biografia de Milton Santos, por Fernando Conceição.



Com apoio da Pro-Reitoria de Extensão, estamos convidando ao evento de apresentação de Milton Santos, uma biografia, no dia 28/12/2015, às 15h, no Espaço Cultural Raul Seixas, Sindicato dos Bancários, localizado à Avenida Sete de Setembro, 1001, Mercês, Salvador-Bahia.

O livro, resultante de pesquisa da equipe do Grupo de Pesquisa Permanecer Milton Santos-Poscult/UFBA, com um videodocumentário encartado em DVD, será gratuitamente distribuído em todo o país – tiragem de 5.000 exemplares.

O projeto recebeu suporte da Capes, CNPq, Propci-UFBA e patrocínio da Petrobras. A realização é do Afirme-se – Centro de Práticas e de Estudos de Diversidades Culturais.

Participarão autoridades, representantes dos familiares, da Assufba, do Negrufba, da Fasubra e da CUT-SP. O Secretário Municipal de Promoção da Igualdade Racial da Prefeitura de São Paulo e um preposto da Petrobas estarão presentes.


Fernando Conceição.

Tels. 9 9303-8379 (tim)





Cronologia da caminhada da historia:

Calos Santos foi deputado Estadual/RS em 1936, pelo decreto de Getúlio Vargas. Promovendo Carlos de presidente do sindicato a Deputado estadual. Foi Governador do Rio Grande do Sul e deputado federal, no qual, seu passado representa o poder civil e o congresso nacional . Que é o plenário da Câmara e do Senado, criado pelo Oscar Niemeyer. É um poder independente e representativo da nação. Representada pela palavra parla, parlamento. Símbolo da democracia em qualquer pais do mundo.

Acrescento a homenagem ao ex-presidente Jânio Quadros de convidar Milton Santos ao cargo de subchefe da casa civil. Na conversa de Jânio e Milton, diz a historia, que Juntos planejavam um programa de governo para a inclusão dos pobres, a população negra e diminuir a desigualdade social.




Em 1988 a Dra. Mae C. Jemison, astronalta, compareceu Brasília, na Casa Thomas Jeferson, com a presença do corpo diplomático, do mundo acadêmico e cientifico e do Ex-Ministro de relações exteriores do Brasil Roberto de Abreu Sodré. Para Homenagear o Centro de Estudos Afro Brasileiros, no qual, Waldimiro de Souza era o presidente. Essa homenagem estendia a toda população Afro-brasileira.


Obama, Michelle e sua filhas Malia e Sasha, Na sua reeleição pronunciou para os eleitores americanos com repercussão mundial. Suas filhas estavam saltitantes com uma imagem presencial de amor pela causa da humanidade. Que provocou a solidariedade das autoridades governamentais e a simpatia quase unanime da grande parcela da humanidade.




Em 2012, o ministro Joaquim Barbosa foi empossado como presidente do Supremo Tribunal Federal, instância maior da justiça brasileira. Joaquim contribuiu para valorizar as instiruições mundiais. 
 A foto acima representa o segundo negro a tomar posse da presidência da Academia Brasileiras de Letras (ABL). O primeiro foi Machado de Assis. Essa é uma homenagem ao lançamento da biografia de Milton Santos. Segue parte do discurso de posse de Domício Proença:

"— Nessa direção, indicia a assunção pela Academia, da tomada de posição para além dos estereótipos e do preconceito étnico ou epidérmico, nesse espaço ainda vigente no comportamento de muitos, veladamente; explicitamente; agressivamente; envergonhadamente; vergonhosamente."


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/cultura/livros/domicio-proenca-filho-toma-posse-na-abl-somos-diretoria-da-crise-18322566#ixzz3vGviAeWD




http://g1.globo.com/bahia/noticia/2015/12/biografia-autorizada-de-milton-santos-sera-lancada-em-salvador-no-dia-28.html


http://atarde.uol.com.br/cultura/literatura/noticias/1734734-biografia-de-milton-santos-vai-ser-lancada-na-segunda-feira

http://www.maiscamacari.com.br/index.php/2015/12/26/biografia-autorizada-de-milton-santos-sera-lancada-em-salvador-no-dia-28/

http://www.informacoesemfoco.com/2015/12/milton-santos-tera-biografia-lancada.html#.VoFvrbYrJQI

http://dimitriganzelevitch.blogspot.com.br/2015/12/milton-santos.html

4 comentários:

  1. E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escrito o nome de seu Pai.
    E ouvi uma voz do céu, como a voz de muitas águas, e como a voz de um grande trovão; e ouvi uma voz de harpistas, que tocavam com as suas harpas.
    E cantavam um como cântico novo diante do trono, e diante dos quatro animais e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram comprados da terra.
    Estes são os que não estão contaminados com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro.
    E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis diante do trono de Deus.
    E vi outro anjo voar pelo meio do céu, e tinha o evangelho eterno, para o proclamar aos que habitam sobre a terra, e a toda a nação, e tribo, e língua, e povo,
    Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.
    E outro anjo seguiu, dizendo: Caiu, caiu Babilônia, aquela grande cidade, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua fornicação.
    E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão,
    Também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro.
    E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome.
    Aqui está a paciência dos santos; aqui estão os que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.
    E ouvi uma voz do céu, que me dizia: Escreve: Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os seguem.
    E olhei, e eis uma nuvem branca, e assentado sobre a nuvem um semelhante ao Filho do homem, que tinha sobre a sua cabeça uma coroa de ouro, e na sua mão uma foice aguda.
    E outro anjo saiu do templo, clamando com grande voz ao que estava assentado sobre a nuvem: Lança a tua foice, e sega; a hora de segar te é vinda, porque já a seara da terra está madura.
    E aquele que estava assentado sobre a nuvem meteu a sua foice à terra, e a terra foi segada.
    E saiu do templo, que está no céu, outro anjo, o qual também tinha uma foice aguda.
    E saiu do altar outro anjo, que tinha poder sobre o fogo, e clamou com grande voz ao que tinha a foice aguda, dizendo: Lança a tua foice aguda, e vindima os cachos da vinha da terra, porque já as suas uvas estão maduras.
    E o anjo lançou a sua foice à terra e vindimou as uvas da vinha da terra, e atirou-as no grande lagar da ira de Deus.
    E o lagar foi pisado fora da cidade, e saiu sangue do lagar até aos freios dos cavalos, pelo espaço de mil e seiscentos estádios.
    Apocalipse 14:1-20

    ResponderExcluir
  2. Quero parabenizar a organização da solenidade pelo lançamento do livro sobre o grande geógrafo Milton Santos! Também quero parabenizar o importante reconhecimento que farão de batalhadores da luta pelos direitos do povo negro, que são incansáveis divulgadores da obra de Milton Santos, como Waldimiro de Souza.

    ResponderExcluir
  3. Família Pardinho de Souza24 de dezembro de 2015 21:42

    O poder há de ser sábio e santo. Se não for sábio e santo não é o poder.

    O poder pelo poder é coisa nenhuma, sai do limite da civilidade e da harmonia. Isso não é o poder!

    O exagero do poder do exercício do cargo, cai na pratica da orgia do comportamento humano. Gera desconfiança da nação e cria-se uma linguagem policialesca. Todo mundo desconfia de todos. Porque esvaiu a autoridade do poder. Consequentemente, não há governo! Os impostos pagos vão para o ralo da corrupção.

    Cremos na capacidade e na inteligência dos brasileiros. Nos somos capazes, muito capazes! Já provamos no caminhar da historia.

    ResponderExcluir
  4. Eu acho interessante as ideias prestadas no texto acima. As informações sobre Milton Santos, a vinda da NASA em 88 em homenagem ao povo afrodescendente do Brasil e Pelos meios escolares que pessoas importante tiveram acesso. Obrigado
    João Caetano, 14 anos, estudante brasileiro que mora em Havana.

    ResponderExcluir